Vitor Eduardo Schincariol

Professor Adjunto Nível 4 do Bacharelado em Ciências Econômicas da Universidade Federal do ABC (UFABC) desde 2012. Membro do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais da UFABC. 

 

Áreas de Pesquisa: História Econômica

 

CVLattes:       http://lattes.cnpq.br/4713111775461714

 

Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

PROJETOS EM ANDAMENTO:

 

A economia de Joan Robinson

 

PRINCIPAIS PUBLICAÇÕES:

 

Schincariol. The United States economy during the first Obama administration (2009-2012). Revista Galega de Economía, v. 25, p. 1-25, 2016.

 

SCHINCARIOL, V. E.. Ten Years of Economic Recovery in Argentina (2003-2013): An assessment of 'Neo-developmentalism. Agrarian South: Journal of Political Economy, v. 4, p. 259-288, 2016.

 

ANDRADE, M. M. ; Schincariol . Liberalização econômica e política internacional municipal: o caso de São Paulo. Argumentos: Revista de Filosofia (Online), v. 1, p. 79, 2016.

 

FERNANDEZ, Ramón G. ; Schincariol . Crescimento econômico e políticas do governo na Argentina, 2003-2014. Revista Paranaense de Desenvolvimento, v. 35, p. 59-78, 2014.

 

Schincariol. A política externa recente dos Estados Unidos e a América Latina, 1990-2011. Cadernos de Ciências Sociais (Porto de Ideias), v. 3, p. 135-161, 2013.

 

Schincariol. Repensando a teoria pós-keynesiana da acumulação à luz da lei da entropia. Revista Iberoamericana de Economía Ecológica, v. 21, p. 15-28, 2013.

 

Schincariol. Alguns aspectos do ensino e pesquisa de economia no Brasil. Leituras de Economia Política (UNICAMP), v. 21, p. 193-210, 2013.

 

Schincariol. La recuperación de la economía argentina en los años 2000. Revista Galega de Economía, v. 22, p. 1-20, 2013.

 

Schincariol. La Evolución Material y Energética de los Estado Unidos, 1980-2000. Revista Crítica Histórica, v. 4, p. 1-25, 2011.

 

Schincariol. Um cálculo das taxas de lucro na manufatura norte-americana a partir dos dados do Bureau of Economic Analysis: 1948-2001. Revista de Economia Política e História Econômica (São Paulo), v. 17, p. 63-74, 2009.

 

Schincariol. Resenha de The Three Trillion Dollar War, de Joseph Stiglitz e Linda Bilmes. Revista de Economia Política e História Econômica, v. 16, p. 132-145, 2009.

 

Schincariol. Resenha de O Mito do Colapso do Poder Americano. Revista de Economia Política e História Econômica, v. 18, p. 173-183, 2009.

 

Schincariol. Aspectos do crescimento recente dos Estados Unidos, 1990-2004. Revista de Economia Política e História Econômica (São Paulo), v. 11, p. 10-132, 2008.

 

Schincariol. Apontamentos sobre o endividamento externos dos Estados Unidos - 1980-2004. Economia Política do Desenvolvimento, v. v1n2, p. 135-156, 2008.

 

Schincariol. Resenha de Adam Smith em Pequim, de Giovanni Arrighi. Revista de Economia Política e História Econômica, v. 13, p. 145-154, 2008.

 

Schincariol. Resenha de The Age of Turbulence, de Alan Greenspan. Revista de Economia Política e História Econômica, v. 13, p. 122-135, 2008.

 

Schincariol. Alguns aspectos do crescimento recente dos Estados Unidos: 1990-2001. Política Democrática (Brasília), v. 19, p. 123-135, 2007.

 

Schincariol. Resenha de Macroeconomia da Estagnação, de Luiz Carlos Bresser Pereira. Revista de Economia Política e História Econômica, v. 09, p. 104-114, 2007.

 

Schincariol. Resenha de Transformação e Crise na Economia Mundial, de Celso Furtado. Revista de Economia Política e História Econômica, v. 07, p. 194-199, 2007.

 

Schincariol. Resenha de Ideologia e Ciência Econômica estudos de caso. Revista de Economia Política e História Econômica, v. 06, p. 148-149, 2006.

 

Schincariol. Resenha de O Renascimento do Império, de Cláudia Trevisan. Revista de Economia Política e História Econômica, v. 05, p. 104-106, 2006.

 

Schincariol. Notas sobre o Método de O Capital. Revista de Economia Política e História Econômica, http://rephe01.tripod.com, v. 04, p. 04-05, 2005.

 

Schincariol. Resenha de Os exuberantes anos 90, de Joseph E. Stiglitz. Revista de Economia Política e História Econômica, v. 04, p. 101-105, 2005.